sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Book Review - "Os Homens que Odeiam as Mulheres" de Stieg Larsson

AVISO: Pode conter spoilers.


Não vi o filme ainda. Nem o original, nem o mais recente, com o Daniel Craig. Apesar de já ter lido o livro há mais de um mês, ainda estou a falhar no que toca ao filme. Já tinha ouvido excelentes críticas aos filmes, já tinha ouvido falar que eram muito poderosos. E se realmente estiverem a ser fiéis ao livro, são mesmo.
Nota-se bem que Stieg Larsson é jornalista, e que está a canalizar as suas experiências para Mikael Blomkvist, o "herói" deste romance. O tipo de linguagem utilizado reflecte a personalidade boa e algo tensa de Blomkvist. Um livro excelente, muito bom mesmo. Não esperava a relação de Blomkvist com Lisbeth Salander, que é para mim, a verdadeira heroína. Tendo sempre a dar razão às mulheres, principalmente às que têm a história de Salander. Fiquei curiosa com a personalidade da investigadora e com o tipo de relação que ela desenvolveu com Mikael. Situação que estou a acompanhar no volume seguinte da trilogia Millenium neste momento. Destaco também a personagem de Henrik Vanger, apesar de admitir ter pensado que ele podia estar mais envolvido do que parecia. Fiquei feliz por isso não se ter materializado na história.
A ética jornalística posta em causa. A coragem pura que é precisa para desvendar algo que pode ser prejudicial para muita gente, a capacidade de trabalho incansável e o "faro" são os pontos fortes de Blomkvist, aliados à mente extraordinária e personalidade fria de Salander. É impossível ficar indiferente ao desvendar de um crime que não chegou a acontecer, e que é o bode expiatório de algo muito mais terrível. É mesmo pena que Larsson já nos tenha deixado.

5/5

sábado, 6 de outubro de 2012

Rebel Wilson e Pitch Perfect

Para mim uma das melhores comediantes e actrizes dos últimos tempos, porque é simplesmente ela. And she is fucking great! Quero muito ver este filme!!




segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Must read or take a look #3

Buzzfeed

Funniest effin' place on cyberspace



Andei aqui uns meses sem escrever. Não sabia sobre o que escrever. Tinha assunto, mas parecia-me demasiado pessoal para discuti-lo e tinha demasiado a dizer para caber num post de blogue. Clichés à parte o melhor é mesmo escrever sobre o que se sabe e sobre o que nos interessa.

Sem querer meter inveja a ninguém (cough cough), mas estou eu, aqui no sofázinho, no meu primeiro dia de férias oficial. Sim, porque andei a dar trabalhinho à cabeça, aos dedos e à voz todo o verão. Agora estamos a entrar no pânico, no drama... na desesperada procura pela janelinha que nos dá acesso ao mercado de trabalho. O segredo é não ser esquisito, mas também, sem procurar, não vamos saber... E por isso não nos devemos subjugar a nada, só porque parece fácil ou que nos vai dar aquele dinheiro fácil, sem realmente gostar do que estamos a fazer.
Just an opinion. Vão existir mais crónicas de desesero por aqui, that's for sure.


domingo, 16 de setembro de 2012

quarta-feira, 6 de junho de 2012

TEMPORARIAMENTE ENCERRADO

BRB